Fandom

SecretStreet Wiki

Uther Bedivere Nuadha

33pages on
this wiki
Add New Page
Comments0 Share
Uther Bedivere Nuadha
File:Uther2.png
Informações Gerais
Idade: 7 anos
Status: Vivo
Alcunha: Desconhecido
Origem: Tormentia
Informações Físicas
Raça: Tormentino
Sexo: Assexuado (Masculino)
Altura: 191 cm
Peso: 81 kg
Informações Climber
Andar: Andar Zero
Situação: Ativo
Posições: Protector
Princípio: Corpo
Afiliação: Despenhadeiro dos Guerreiros
Grupo 1


Uther Bedivere Nuadha (ウーゼル·ベディビア·ヌアドハ, Ūzeru Bedjibere Nuadoha) é um Climber da posição Protector. Nascido na dimensão de Tormentia, ele é um Tormentino, um dos milhões de filhos de Etrigan.

Aparência

Uther não tem algo que possa ser chamado realmente de aparência afinal, seu corpo não reflete tais atributos de maneira adequada. Sua essência foi absorvida por uma armadura metálica de tamanho suficiente para ser utilizada por um homem adulto que se tornou o mais próximo de um corpo para o mesmo. A armadura é feito de metal azul marinho de nome desconhecido em muitos mundos já que aquele que o criou nunca se preocupou em o nomear apesar de ter se preocupado em exagerar em todos os detalhes dessa.

Aos olhos de um artesão, a armadura desse é uma obra de arte feita com um detalhismo enorme no equipamento suficiente para cobrir toda a parte do corpo existente. Os cabelos presos a armadura sequer fazem parte desse sendo somente uma extensão do seu corpo 'metálico'. A armadura apresenta dezenas de marcas de desgaste e combate devido a vida em que levou.

Personalidade

Uther foi criado somente com um objetivo: destruir. Sua existência era somente uma diversão a seu criador, enfrentar oponentes, matar, destruir inimigos, era essa sua rotina desde do dia que nasceu sendo a única coisa que conheceu durante quase todos os dias da sua vida. Na torre, esse foi apresentado a seletividade dessa destruição pois nem tudo pode ser destruído assim seu instinto inicial está sendo suprimido.

Ao adentrar na Torre, esse foi apresentado a novos conceitos: 'aliado' e 'não-inimigo', apesar que manteve seu conceito de inimigo inicial como algo a ser destruído, ele aprendeu que existem 'aliados' ou 'amigos', palavras que são sinônimos para o mesmo, não devem ser mortos e são essências para que esse sobreviva, assim se tornando essência proteger os mesmos. Não-Inimigos é um conceito mais complexo de quem não é um 'aliado', mas que não necessita ser 'destruído' pois não é uma ameaça. Esses conceitos atrapalham Uther já que esse passa a ter dificuldade em entender em qual 'conceito' novos conhecidos se encaixam sem uma pista óbvia.

Sonhos... são algo que esse demorou a entender antes de ter somente um que o trouxe a Torre, o sonho de ter outra historia, uma historia onde não tivesse que destruir tudo e todos a seu redor. Um sonho que até demorou ao acreditar que tinha 'realizado'.

Em combate, ele é nada mais que um monstro. Uther nunca foi treinado, sua maneira de combater é puro instinto destrutivo misturado com influência ofensiva onde usa tudo que tem disponível como arma. Já carregou espadas, lanças, postes, corpos, tudo como sua arma pois é tudo que tinha em mãos.

Historia

Há sete anos, num universo conhecido como Tormentia o senhor desse Etrigan soprou sobre uma pedra transformando essa no ser que passaria a ser Uther Bedivere Nuadha, um nome que a própria divindade criou. Talvez uma historia bela, se não fossem os motivos.

Primeiro, vocês devem entender o que é Tormentia. Há muitos boatos sobre seus habitantes sobre sua existência alguns dizendo que nasceu sobre o tédio de seu senhor, outros dizem que é filho da rainha de todas as dimensões quando se deitou com a divindade desse, outro preferem as teorias sem sentido da ciência, mas o fato é, esse é o reino desse sem dúvida que somente existe para uma coisa: lhe entreter.

Os seres de Tormentia são somente personagens da imaginação do mesmo para lhe divertir se envolvendo em historias de amor, amizade, aventura, terror ou no caso de Uther, guerra. Assim que a pedra se tornou metal e uma alma se fixou na armadura, uma espada lhe foi entregue e o primeiro inimigo foi mostrado.

Sua vida foi destruir sempre e eternamente agindo como um gladiador para a fantasia de imperador romano de seu senhor sendo os únicos momentos de 'descanso' que tinha os momentos que Etrigan desejava ver outra das suas historias. O fato de saber falar era somente para que aprendesse a xingar seus adversários, ninguém que 'sobrevivia' as sessões fazia qualquer coisa além de comer e dormir.

Não havia espaço para amizades, não havia espaço para famílias, somente havia espaço para uma eterna destruição de tudo numa batalha que nunca acabaria. Por sete anos, essa foi a vida de Uther. Sem descanso a não ser quando seu deus se entediava numa guerra eterna contra seus irmãos e irmãs pela sobrevivência que todos desejavam por instinto.

Uther era pouco diferente desses apesar que esse se deu um direito que poucos dos seus irmãos tinham, o direito de sonhar. Ele subia no topo da torre de uma besta que tinha como irmãos perdido para assistir a distante cidade onde o demônio escrevia suas novelas. Vendo pessoas com maior sorte que esse com inveja de suas historias de amor e amizade.

Sonhava com uma nova historia, uma historia onde não tivesse que viver no chão duro, onde não tivesse que destruir todos assim que lhe fosse ordenado. Um sonho impossível pois ia contra a vontade do próprio deus.

Um dia, enquanto lutava contra seus irmãos, um deles sussurrou: "Você deseja uma nova historia?", isso antes que cortasse a cabeça do mesmo ignorando aquelas palavras sem sentido. No dia seguinte, mais dois irmãos disseram o mesmo antes que os empalasse. No terceiro dia, um monstro falou o mesmo enquanto esse enfiava suas mãos em seus olhos atraindo ainda mais sua estranheza que lhe forçou a responder.

-Sim. - a criatura o engoliu enquanto distraído sendo que se amaldiçoou por sua tolice enquanto pensava que teria, novamente, que fazer seu caminho pelas tripas de um monstro. Mas dentro do estomago dessa, preso no 'chão' do mesmo, havia algo que nunca tinha visto de perto somente a distância ou quando seu senhor decidia fazer uma entrada mais 'dramática', uma porta.

Não havia como seu irmão ter devorado uma porta não importava como visse. Talvez uma das brincadeiras de mau gosto de seu senhor? Encarava a porta por um tempo lembrando das palavras que seus irmãos tinha sussurrando que se prendiam em sua mente circulando seu desejo mais profundo lhe forçando a abrir aquela porta finalmente sendo sugado para qual fosse a armadilha de seu terrível pai.

New World Arc

Acordando em local desconhecido, cercado por estranhos, Uther imaginou agora qual a historia que seu senhor lhe guardava ouvindo com credulidade que a historia pouco tinha mudado e que teria que matar só que sendo um daqueles com aliados, ele somente esperou que lhe informassem o que tinha que matar sem saber muito sobre o mundo em si recusando inicialmente a acreditar naquele novo mundo e no teste do andar até que Uzirrot, o orientador do grupo, pedisse há um de seus aliados que forçassem o entendimento a mente do cavaleiro que reagiu de forma agressiva atacando o guia que facilmente imobilizou o cavaleiro forçando esse a aceitar o que estava em sua mente e lhe dando uma dica sobre quem deveria buscar para remover.

Uther então, com sua nova compressão, criou novas regras para a historia que se encontravam. 'Aliados são necessários para sobreviver.' desse modo, então 'Aliados devem ser protegidos'. O grupo então foi apresentado ao teste sendo abandonados pelo guia em meio ao Oceano, o grupo foi salvo por Met que usou sua metamorfose para aliviar a queda do grupo enquanto o cavaleiro aguardava sua chance. O alivio foi curto pois logo foram forçados a água onde Uther, por sua incapacidade, acabou por afundar e ser atacado por uma das criaturas das profundezas invocadas para o teste.

A criatura amaçou a frente da armadura, mas o mesmo conseguiu se por acima dela enquanto essa foi derrotada por um ser alado apesar que usando os corpos na água, o cavaleiro conseguiu se impedir de voltar a afundar a tempo de tentar enfrentar outra criatura que tinha feito dois dos seus aliados, Blue Star e Homem da Sombra tentando atacar a mesma e falhando, assim danificado dois dos seus ganchos, novamente foi salvo pelo ser alado apesar de acreditar que esse mirava no mesmo. Quando derrotaram esse inimigo, o grupo se dividiu sendo que Uther foi a ilha principal com Blue Star e o Homem da Sombra sendo seguidos pelo ser alado que Uther ameaçou se continuasse a segui-los mesmo que não fosse capaz de identificar uma maneira de o matar.

Na ilha, o Homem da Sombra sugeriu que se dividisse para caça onde Uther foi pelas árvores até encontrar uma criatura fraca que eliminou rapidamente e carregou o corpo de volta para os aliados. Antes disso, o mesmo encontrou outra criatura que o prendeu numa armadilha, mas o mesmo a eliminou também rapidamente escapando da armadilha e levando os dois corpos consigo.

Ao retornar ao grupo, encontrou Blue Star sendo ameaçada por um grupo rival em seu conflito com o ser alado adentrando na batalha onde foi atacado pelos inimigos, um gigante de pedra e uma esfera negra com espinhos. A segunda ele eliminou quando essa se aproximou do mesmo no ataque usando três de seus ganchos que foram sacrificados para tomar a vida da mesma tentando confrontar a criatura de pedra cuja não sabia como matar, tentou desviar a atenção da mesma para a criatura alada eliminando o oponente do mesmo com um golpe.

O Gigante de Pedra era o único inimigo restante, até que uma dupla de desconhecidos ascenderam exalando uma aura que mostrou claramente ao guerreiro que esse era incapaz de os matar mesmo que desejasse o forçando a recuar assustado junto com seus companheiros. Lá, eles ouviram as novas regras do teste do andar e, se adaptando a essas, Uther confirmou que a criatura alada era Samiel, um aliado. Afirmando isso, Uther se preparou para ir até um grupo de desconhecidos que considerava inimigos para os eliminar e lidar com as novas regras do andar sendo impedido pelo novo aliado.

Samiel entrou em conflito com a psicologia feral de Uther tentando lhe ensinar o conceito de inocentes, conseguiu somente ensinar o mesmo de 'Não-Inimigos' como esse chama que são 'Seres que não são aliados e não são inimigos, que não precisam ser protegidos ou mortos' de acordo com o mesmo assim fazendo o cavaleiro desistir de tomar a vida dos inocentes e ir buscar o Homem da Sombra que tinha se afastado do grupo para encontrar o mesmo sendo atacado por inimigos desconhecidos.

Tentando proteger o mesmo, encontrou que esse estava sobre efeito de veneno, mas antes que pudesse reagir de acordo, um grupo misturando aliados e desconhecidos que foram apresentados como aliados para o mesmo assim se tornando os mesmos. Pediu aos aliados que curassem o Homem da Sombra e foi caçar os inimigos que tinham o envenenando matando ambos com ódio da tendências auto-destrutivos que ambos apresentaram não parecendo terem desejo de viver, algo que ia contra sua cultura a ponto de Uther abandonar os corpos ao invés de os devorar como faria devido a sua fome.

Retornando a seus aliados, esses descobriram que uma das relíquias necessárias para a passagem de andar já tinha sido clamada sendo que Met se prontificou a buscar a mesma se transformando numa criatura alada enquanto o grupo aguardava conversando assim, Uther se deixou levar sobre a curiosidade sobre a palavra amigo usada por Lys acabando por a identificar como um sinônimo de aliado, assim quando essa indicou que havia uma amiga caindo do céu, o mesmo a salvou da queda.

A amiga era Luciela, um aliada que parecia não admitir ser um aliada inicialmente ao ponto de apontar uma espada para o mesmo e forçar esse a fazer carinho em sua cabeça para a acalmar. Continuaram a interagir entre si até que Star pediu que o cavaleiro a arremessa-se no céu, coisa que fez sem perguntar o motivo assim facilitando o salvamento de Met por ela e Samiel. Quando chegaram ao solo, Met carregava a relíquia que foi tomada por Luciela e depois pelo próprio Uther.

Assim, ambos foram apresentados a entidade da relíquia que lhes ofereceu o teste para passarem ao próximo andar, assistirem uma ampulheta que representava a vida de Met chegar a seu fim. Uther confrontou um paradoxo enquanto Luciela afirmou que podiam fazer o mesmo teste que Met, mas foi negada. Mentalmente confuso, Uther chegou as seguintes conclusões: 'Deveria assistir ao fim da ampulheta' e 'A entidade está matando Met, é um inimigo'. Assim, afirmou que assistiria e atacou a entidade sendo salvo da defesa da mesma por Luciela apesar de tendo quase todo o seu braço desintegrado pela mesma enquanto Luciela também destruía a ampulheta finalizando o teste com uma falha. Porém, mesmo com a falha, a relíquia gerou uma porta para o andar seguinte que foi rapidamente usada pelo grupo para finalizar o teste.

Habilidades e Poderes

Pré-Torre

Armor of Sorrow (悲しみの鎧)
File:ArmorofSorrow.jpg O corpo de Uther é sua única posse e arma numa situação tradicional e não por falta de motivos. A estrutura da armadura é ameaçadora por natureza apresentando garras afiadas nas manoplas da armadura, diversas partes que podem ser usadas como arma de corte como nos cotovelos, pés, tornozelos e joelhos além de apresentando em suas costas seis fios metálicos com pontas afiadas que graças a seu corpo consegue manipular livremente tornando basicamente todo o seu corpo numa forma de armamento.


Conceptual Body (概念的なボディ)
O corpo de Uther não segue as regras naturais quando se pensa no corpo de um ser vivo. Apesar de ainda haver necessidades como alimentação e sono, o corpo desse em quesitos práticas é puramente a armadura em que sua alma habita onde o mais próximo de algo externo a essa a ‘sombra’ que é vista no interior do seu corpo conectando as partes da armadura.

Ninguém, inclusive ele mesmo, consegue entender como seu corpo funciona apesar dos efeitos desses serem claros. Não tendo carne ou sangue, seu corpo é considerado puramente o metal da armadura tendo atribuição física (inclusive amplio dessa) semelhante a de um ser ‘normal’ mesmo com essa estrutura estranha.

Apesar da ideia inicial, seu corpo não lhe fornece imunidade a dor ou imortalidade tendo todos os sentidos, inclusive o tato, funcionamento normalmente com esse corpo.

Sua regeneração, por mais estranho que seja, funciona também como um corpo normal sendo que partes da armadura crescer normalmente para substituir qualquer uma que seja perdida podendo inclusive recolocar partes de seu corpo para que essas se juntem naturalmente.

Sua estrutura também lhe fornece a inexistência de órgão vitais mas não da vitalidade em si apesar de ainda ser capaz de 'separar' qualquer parte de seu corpo, inclusive a cabeça, mesmo quando o faz a 'sombra' continua conectada a essa parte mas se esse se afastar demais dessa ou for arrancada, que essa fumaça comece a escapar do seu corpo de forma não natural.

Ele não sabe o que realmente ocorre quando isso acontece, mas a sensação é desagradável o suficiente para esse imaginar que se essa se soltar por completo, ele deve cessar suas movimentações permanentemente.


Free Movement Parts (自由な動きパーツ)
Devido a seu corpo não seguir as regras tradicionais, isso também lhe fornece alguma vantagens. Não existem ossos ou músculos em seu corpo fazendo que toda a sua movimentação seja pela presença de sua alma, sendo assim, sua movimentação não depende das regras tradicionais.

Seu punho pode se inverter, esse pode se dobrar de maneira considerada impossível e, se aprendesse Yoga, se tornaria campeão olímpico nessa além que, como esse não depende de músculos e ossos para se mover, ele consegue mover qualquer parte da armadura incluindo os ‘cabelos’ em seu capacete e os ‘ganchos’ em suas costas que podem se mover da mesma forma que os membros desse.


Péricias
Improvisation Master (即興マスター): Não tendo tido qualquer treinamento formal de combate ou semelhante, mas forçado a esse constantemente, Uther sempre foi forçado a usar o que tivesse em mãos como arma independente de suas origens e improvisar qualquer coisa em prol de sua sobrevivência. Entre as armas que já usou se incluem espadas, lanças, machados, corpos, espinhas, ossos, pedaços de pedra, um monstro gigante e, claro, seu próprio corpo que lhe é a ‘arma principal’. Sua capacidade de improvisação é absurda devido a essas experiências especialmente quando está sobre pressão e em situações de combate.

Survival (生存): Sua criação lhe forçou a desenvolver suas próprias capacidades de sobrevivência. Uther aprendeu a dormir no chão duro como se fosse um colchão, a não se incomodar com insetos, a seguir trilhas, a entender o que pode ou não pode comer independente da situação, a caçar as criaturas que encontrava em seu caminho. Mesmo que não possa se afirmar que esse é capaz de sobreviver em ambientes desconhecidos, nada garante que esse não irá tentar.

Instinct (本能): Uther foi criado com extrema proximidade a uma fera, algo que lhe forçou a desenvolver os mesmo instintos que uma. Sua mente é aguçada da mesma forma assim lhe permitindo pressentir por natureza o que lhe aproxima como perigos ou quão perigoso são seus oponentes apesar de que, como a habilidade não se relaciona com o sobrenatural, essa pode ser enganada pelo mesmo.


Pós-Torre

Relações

Tormentia

Etrigan

Pode se afirmar que Uther odeia seu criador, muitos Tormentianos o odeiam enquanto outros são programados para o venerar, para aqueles que não amam suas próprias historias é fácil odiar o mesmo. Porém, mesmo o odiando, ainda sim esse é o criador do mesmo, seu pai, assim Uther não reage a tal ódio ao ponto que a presença de Etrigan é somente algo constante para o mesmo, algo absoluto como para humanos é 'existe ar para respirarmos'.

Irmãos e Irmãs Tormentinos

Os únicos irmãos que Uther já conheceu foram os que viveram com esse no Despenhadeiro dos Guerreiros o que indicava, pelas regras da historia, que ele deveria elimina-los sempre que Etrigan desejasse assistir suas batalhas. Não há emoções entre seus irmãos ele, ambos vêm a si mesmos como inimigos a serem eliminados para sobrevivência sendo que muitas vezes um ódio unilateral do irmão para ele é o mais próximo de emoção que poderia encontrar em tal relação.

Grupo

Blue Star

De forma resumida, Star é um aliada que Uther precisa proteger. O cavaleiro a considera estranha por suas mudanças de humor e pela arma de luz que carrega, ainda sim confia na mesma o suficiente para deixar a proteção de Met em suas mãos enquanto esse estava em voo e para confiar cegamente em suas decisões sobre quem são ou não aliados.

Met

Met é um aliado que a forma muda, é maneira mais simples que Uther pode dizer ao mesmo. O contanto de ambos é limitado apesar das habilidades de transformação de Met atiçarem a curiosidade do cavaleiro que nunca viu algo do tipo, o mesmo somente mantem um sentimento de proteção característico de seus aliados com o mesmo.

Samiel

Inicialmente acreditando que era um inimigo, Uther ressentia Samiel pois não sabia identificar uma fraqueza em seu corpo enorme preferindo o manter afastado, porém apos deduzir que o mesmo estar próximo a tanto tempo e não ter o atacado significava que era um aliado, acabou considerando a sabedoria de Samiel confiando cegamente em sua decisão sobre o caráter dos Não-Inimigos e Inimigos apesar de estranhar suas palavras confusas e suas atitudes com a aliada Luciela.

Lysergia

Uther considera Lysergia alguém sábia, soube identificar um aliada mesmo a distância e cuidou dos aliados feridos mesmo também estando ferida apesar de também a considerar fraca e frágil sendo alguém que acredita que necessita de maior proteção que os outros membros do grupo. Apesar de a considerar sábia, esse é incapaz de entender suas explicações mesmo de palavras simples como amigo.

Luciela

Luciela foi a última aliada que conheceu sendo que tem atitudes e personalidade estranhas ao seu ver, ao mesmo tempo que não parece forte, demonstra se forte e habilidosa em combate para identificar um ataque o mesmo não conseguiu ver apesar que ainda não entende muito bem sua maneira de pensar ou porque destruiu a ampulheta. Enfim, é um aliada que irá proteger de qualquer maneira.

Reverendo Romero

Ele não sabe onde esse aliado está ou o que ocorreu com ele, mas não se preocupa já que considera somente os aliados próximos como essências para sua sobrevivência. Ainda sim, agradece / odeia o mesmo por ter lhe apresentado o conceito de Deus que relacionou a seu senhor Etrigan.

Outros Aliados

Uther encontrou muitos aliados na Torre, muitos deles que conheceu pouco ou que sequer soube o nome. Apesar disso, sua relação com os mesmos se referencia sempre sua regra primordial que 'aliados devem ser protegidos' não beirando qualquer relacionamento com esses a não ser a obsessão por manter esses a salvo para garantir sua sobrevivência.

Andar Zero - New World

Uzirrot 

Uther beira o ódio do mesmo atacando ele mesmo que ele não se identificasse como um inimigo por ter forçado palavras que não desejava em seu vocabulário, apesar disso, acabou o ignorando quando esse se mostrou mais forte que o mesmo. Uther não o considera um inimigo, mas tambem não o considera um aliado. Depois que Samiel lhe ensinou o conceito de 'Não-Inimigo', ele o classificou como tal.,

Idoso e Garota

Uther teme ambos sendo os primeiros e, até o momento, únicos inimigos que já classificou como 'eu não consigo mata-los' mesmo tendo encontrado vários oponentes poderosos na Torre.

Inimigos (Homens Fera)

De todos os inimigos de seu nível que encontrou na Torre e em sua vida, esses dois homens fera são os únicos que ele sentiu algo ao confrontar: nojo. Ele se enojou pela maneira como esses lutavam sem se preocupar com suas próprias vidas as desperdiçando a toa, algo que vai contra sua própria existência nascida para sobreviver ao combate.

Outros Inimigos

Forte ou fraco, capaz ou não capaz de derrotar, todos os seres que encontrou que eram inimigos não receberam emoções do mesmo a não ser o desejo de 'seguir sua programação' de os eliminar, mesmo inimigos que sobreviveram como a Relíquia e o Homem de Pedra somente trouxeram esses emoções ao mesmo.

Citações

Eu tenho que Sobreviver...

—Uther, Confrontando Samiel sobre o Matar ou Não Inocentes

Alguém que desiste de viver (...) não pode me derrotar.

—Uther, Ao derrotar os Homens Fera no Andar Zero

Curiosidades

  • A Aparência de Uther é a Armadura de Berserker do anime/light novel Fate/Zero.
  • O Nome Uther Bedivere Nuadha foi gerado a partir de um gerador de nomes randomico usando nomes célticos. Os nomes Uther e Bedivere são ambos nomes de personagens das lendas Arthurianas, o pai de Arthur (Uther Pendragon) e Sir Bedivere (Um dos Cavaleiros da Távola Redonda). A palavra Nuadha é uma variação de Nuada que significa 'Protetor' em céltico.
  • Uther não tem um intelecto menor que de um humano comum, podendo inclusive ser mais inteligente que um apesar das sua linguagem e atitudes, porém sua criação limitou sua cultura a um pensamento lógico feral. O mesmo é visto em muitos Tormentinos nascidos no Despenhadeiro dos Guerreiros.
  • Apesar da classe de Uther originalmente ser Protector, suas atitudes fazem que esse seja confundido com um Beater até tendo sido sugerida a mudança de classe ao jogador que nega veemente tal.

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.