Fandom

SecretStreet Wiki

Ishim

33pages on
this wiki
Add New Page
Comments0 Share
Todos que vivem merecem viver;
E como guardiões é nosso dever;
Com compaixão e fúria absoluta;
À todos os filhos da Vida proteger.

—Lema dos Ishim.

File:Ishim.jpg
Informações Gerais
Origem: Akasha
População: 3.000.000.000.000
Expectativa de Vida: Eterna
Nome Binomial: Ishim-Elohim


''Ishim (Hebreu: אישים; lit. Homem), é uma das Sete Castas de Elohim, representando o Aspecto da Vida. Por serem a casta mais numerosa de elohim e as mais próximas dos seres vivos, os ishim estão entre os mais comuns integrantes de uma Hoste akashiana, sendo interpretados em planetas como a Terra como anjos mensageiros ou anjos da guarda. Os ishim são costumeiramente crias e subordinados diretos do Ark da Vida, que atualmente se faz conhecer pelo nome Jophiel.

Fisionomia Edit

Em sua forma mais comum, o corpo de um ishim é um aglomerado de Vida em formato humanóide, emitindo uma luz branca quase cegante. Para comportar sua essência, tais elohim possuem uma armadura de akashium, que os permitem interagir com os seres materiais, por cima de uma túnica branca sedosa. Apesar do capacete dos Ishim possuir buracos na parte frontal para suprir a falta de um visor, é notório que elohim desta Casta não necessitem de tal coisa: sua visão é perfeita, podendo enxergar através de qualquer ponto de sua armadura. Entretanto, é comum que a essência dos ishim manifestem brilhos brancos nos buracos do capacete, passando a falsa impressão que é por ele que estão enxergando.

Sociedade Interna e Cultura Edit

Conhecidos coletivamente em Akasha como Guardiães da Vida, os ishim estão tanto entre os mais bondosos e mais resolutos habitantes de Akasha. Detentores da responsabilidade de zelar por todas as manifestações da Vida pela Criação, a presença de um ishim elohim é uma das mais comuns em quase qualquer Hoste, e não é a toa. Essencialmente druidas celestiais, os ishim possuem o potencial de serem guerreiros extremamente ferozes e curandeiros sem rivais, valendo-se das energias do Aspecto da Vida para realizar feitos verdadeiramente milagrosos.

Os elohim da Vida levam muito a sério sua função. Desde sua concepção, muito antes do aparecimento do Primeiro Male, estes elohim já estavam vagando pela Criação, oferecendo a dádiva da vida para novas espécies e supervisionando seu desenvolvimento. Não era incomum, naquela época, que um ishim se prendesse a uma espécie inteira, vigiando-os e zelando por sua segurança. Com o advento de seus inimigos ancestrais, e a proibição sumária do Conselho de relações prolongadas com espécies inferiores, os resolutos Guardiões da Vida atualmente se encontram em um impasse: Deveriam continuar acatando suas ordens sem questionamento ou voltar a exercer sua função primordial? Para o desconcerto da Cidade Dourada, muitos ishim tem escolhido a segunda opção.

Apesar de sua aparência santificada, o estado natural de um ishim não é diferente do caos presente na própria vida. Sendo assim, embora a maioria dos ishim deem um valor importante à vida, eles também englobam a selvageria da natureza e a liberdade que vem com ela. Não a toa, a totalidade dos ishim que vivem em Akasha se encontram em Vilon e dão pouca ou nenhuma importância à ordem akashiana, preferindo cuidar de seus Jardins e hayyoth à participar da política celestial. Tão notório é o desinteresse da Casta pela política akashiana que cada vez mais ishim tem ou se oferecido para auxiliar em Navitas ou deixado a Cidade Dourada, seja em uma Hoste ou não. 

Ao longo do tempo, os guardiães consolidaram uma notória amizade com os tarshisim e os erelim, reconhecendo as duas Castas como seres honrados e sábios. Embora não se odeiem, ishim possuem uma desconfiança natural para com os hashmalim e o Aspecto da Morte, algo que pode ser explicado pela vontade natural da Vida em se prolongar. Os ishim também possuem certa desavença para com os cherubim e sua devoção ao Aspecto da Ordem, acreditando que, embora bem intencionados, sua necessidade de criar leis e regras bordam à uma obsessão intolerável.

ControvérsiasEdit

Ishim são seres que personificam exemplarmente o Aspecto que os representa. E assim como a própria Vida, os guardiães são criaturas completamente imprevisíveis e extremas, independente do quão bem eles consigam demonstrar o contrário. Emoções fortes são comuns entre membros da Casta, assim como instintos naturais de auto-preservação. Embora muitos ishim pareçam contentes em assumir papeis de curandeiros, há aqueles que preferem a selvageria natural de seu Aspecto, efetivamente tornando-se guerreiros ferozes (fazendo jus à expressão "fúria da natureza").

Essa mesma dualidade também pode significar más notícias para Akasha e os habitantes mortais da Criação, pois não é só de bondade que vive um ishim. Guardiães particularmente selvagens e ferozes, uma verdadeira anomalia do Aspecto da Vida, tendem a ser perigosos demais para permanecer existindo - infelizmente, muitos deles conseguem fugir para a Criação, tornando-se predadores lendários. De forma parecida, há também aqueles ishim que incorporam facetas mais crueis e doentias do Aspecto da Vida, efetivamente tornando-se instrumentos da malícia e crueldade encontrada na natureza - ishim deste tipo são reconhecidamente manipuladores e dificeis de serem reconhecidos.

EstereótiposEdit

Obs: É necessário lembrar que esta seção se trata exatamente disso: estereótipos. De forma alguma ela deve ser usada como via de regra, pois serve apenas como um senso comum. Afinal, mesmo como NPC's, todo personagem precisa ser único!

Erelim: Como amigo, um Erelim é um protetor implacável e incansável, comparáveis apenas entre eles mesmos. Mas faça de um Erelim seu inimigo, e você saberá que nada na Criação é mais terrível do que a ira do Poder.

Hashmalim: A Morte é um Aspecto inestimável da Criação, mas seus arautos não conhecem o significado da misericórdia. Respeite o que eles fazem, mas tema-os ao mesmo tempo.

Tarshisim: Eles fazem de sua sagrada missão a revelação da realidade aos seres menos evoluídos, e isso é louvável. Afinal, quem melhor para o serviço do que aqueles que moldaram a própria realidade?

Tapsarim: Os Tapsarim se julgam sábios, filósofos e cientistas, mas o que isso importa?. Eles podem possuir o Aspecto do Conhecimento, mas nunca estarão completos antes de experienciarem a Criação de verdade.

Ophanim: A capacidade dos Ophanim de serem qualquer um, a qualquer momento, é tão inconstante quanto o próprio Tempo. Isso não faz deles os mais confiáveis de nossos irmãos, então tome cuidado.

Cherubim: Eles são os exemplares dourados de Akasha, e fazem questão de que todos lembrem disso. Se não gostassem tanto de impor Ordem em tudo, certamente não seriam tão insuportáveis.

Malebolgium: Estes monstros corrompem tudo o que tocam, distorcendo tudo para que fique de acordo com sua realidade aberrante. Se os deixarmos livres, incontáveis vidas serão perdidas para tamanha insanidade. Eles devem ser detidos.

Akasha: Do alto de nossas torres douradas observamos a Criação, com eterna vigilância e dedicação. Mas eu me pergunto, será isso que o Criador realmente espera de nós? Por que motivo Ele nos criaria apenas para nos expulsar de Sua grande obra?

Mortais: Se quiser testemunhar o exemplar supremo da Vida, basta vislumbrar os mortais. Tão complexos, tão perfeitos, que em sua eterna contradição conseguem dar tanto valor e medo à Vida e à Morte. Como poderíamos nos equiparar?

Deuses e Demiurgos: Uma anomalia dos Aspectos, sem dúvida, mas não tão diferentes de nós. De certa forma, são nossos irmãos também, então trate-os com o devido respeito. Afinal, não compartilhamos todos o dom da Vida?

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.